RIO DOS CEDROS 50 ANOS DE EMANCIPAÇAO POLITICA

Rio dos Cedros, antes do inicio da colonização trentina de 1875 e 1876, era uma vasta floresta inexplorada, recortada por um grande número de córregos, afluentes do mesmo rio.


O nome desse rio aparece desde 1863, quando um grupo de desbravadores dos sertões de Blumenau, chefiados por August Wunderwald, indivíduo estudado e verdadeiro bandeirante de toda a região, subia pelo Rio Itajaí-Açu, de canoa, entrando em seguida pelos Rios Cedros e Benedito.



Devido a grande quantidade de cedros, madeira preciosa de lei, existente na barra dos dois rios, deu a um deles esse nome, o outro riu recebe o nome de Benedito, provavelmente por existir um morador, chamado Benedito que teria chego antes da imigração.



A primeira exploração do Rio dos Cedros, desde a barra com o rio Benedito foi realizada, portanto, numa viagem de canoa por aqueles destemidos homens, que penetraram com fui dificuldade rio acima, num percurso de 15 Km. Depois voltaram para trás, na impossibilidade de avançar, por causa do rio se tornar impraticável a canoa e pela escassez de alimentos.



Aquele grupo descobriu, entretanto, que a região vista do alto de um morro era muito extensa e fértil. Perceberam também que, para além das montanhas que circulavam o vale, poderia existir um grande planalto, o que realmente se verificou mais tarde.



Hoje Rio dos Cedros é um lugar aprazível, bom para se morar, habitado por gente ordeira e progressiva. Tem cerca de 10.000 habitantes. Suas colônias praticamente são as mesmas traçadas nos tempos da imigração, com 200 metros de largura por 1.000 de fundo. Medidas pelos Irmãos Deeke e adquiridas pelo preço de 200$000, pagas em longo prazo.



A madeira do Cedro sempre foi considerada por todos os povos matéria-prima de excelente qualidade para a indústria de móveis e de construção. Sua utilidade já era famosa entre os povos antigos.


 

Vida Política - Rio dos Cedros, desde o início da imigração até o ano de 1916, dependia praticamente em tudo de Blumenau. Lá estava Prefeitura Municipal, o Fórum, o Cartório, a Delegacia de Polícia e toda a máquina administrativa do Médio e Alto Vale do Itajaí.

Em 1916 Rio dos Cedros foi elevado a Distrito, com o nome de Encruzilhada e Germano Bona nomeado seu primeiro Intendente. O novo distrito funcionou provisoriamente na casa particular do próprio Intendente até 1921. Nesse mesmo ano, o Então Prefeito de Blumenau, Kurt  Hering construiu o prédio da Intendência no terreno doado por João Longo.

Pelo decreto Estadual de 28/02/1934 foi criado o Município de Timbó, passando então Encruzilhada passou a denominar-se arrozeira, devido "a inauguração do canal que traz água do rio para irrigação dos arrozais.

Finalmente, pela lei Estadual 793 de 19/12/1961, foi criado o Município de Rio dos Cedros, desmembrado de Timbó, voltando novamente ao primitivo nome, sendo instalado no dia 28/12/1961.


Rio dos Cedros Santa Catarina – SC Histórico Em 1875, iniciou-se a colonização com a vinda de imigrantes italianos, como Giovani Batista Rafael, e austríacos que, por tradição, plantavam videiras e fabricavam vinho.


Créditos :

http://riodoscedros.sc.gov.br/cms/pagina/ver/codMapaItem/21550#.VPdHKubF-is

Translados de pacientes em Rio dos Cedros

translados de pacientes em santa catarina

MAPA DE RIO DOS CEDROS

Leia também você vai gostar

HOSPEDAGEM em Rio dos Cedros

ATRATIVOS

LAZER E PRESERVAÇÃO