TURISMO RELIGIOSO

Capela Nossa Senhora das Dores


Foi pioneira em Rio dos Cedros, iniciando em 1875, ano da chegada dos primeiro imigrantes, localizada em Pomeranos Médio. Unindo-se ao grupo de Pomeranos Central deram início à construção de uma capelinha de ripas de palmito coberta com folhas largas chamadas guaricanas. 

Passou-se logo para a construção de outra bem maior, de madeira, no local do cemitério municipal, em 1893. Era dedicada a Nossa Senhora das Dores e também a São Roque. A terceira foi feita de tijolos, sobre uma colina, sendo inaugurada em 1916, 3 anos após a fundação da Paróquia em Rio dos Cedros. Atualmente é a igreja mais antiga não só do município, mas da região do médio vale Sabre o altar está a estátua de Nossa Senhora das Dores, de origem francesa, verdadeira obra de arte sacra, um monumento histórico. Uma gruta de Nossa Senhora de Lourdes que estava localizada a menos de quilômetro, foi instalada no interior da capela. 

A torre está separada do corpo da igreja e nos fundos foi construído um complexo de apoio, com salão para festas e reuniões da comunidade. A capacidade não chega 100 lugares. A localidade chamada Crosara - Encruzilha - deu o nome à antiga comunidade Riocedrense. Houve até séria disputa para ser a sede da Paróquia. A pendência teve que ser resolvida no sorteio e mesmo assim houve descontentes e disputas sérias com a autoridade religiosa e famílias interessadas. Os imigrantes a denominavam Dolorata - Nossa Senhora das Dores. Seu endereço é simplesmente: Pomeranos Médio - Rio dos Cedros - SC.

Paróquia Imaculada Conceição


Em 1875, ano da chegada dos primeiros imigrantes tiroleses austríacos, de língua italiana, foi celebrada a primeira festa religiosa de Santo Antônio, na atual capela do mesmo nome, em Pomeranos Santo Antônio. Em 1876 afirmam já existir uma capelinha de ripa de palmito, provisória, na sede atual. Uma Segunda apela em enxaimel foi inaugurada pelo Pe. José Jacobs, em 1882. 
Em 1901 foi inaugurada a 3ª igreja, no morro, sob a jurisdição dos Franciscanos de Rodeio, que serviu de Matriz desde 1913 até 1968, quando foi inaugurada em 21 de julho, pelo Bispo de Joinville, Dom Gregório Warmeling, a atual. 
Em 1918 a Paróquia passou para os Salesianos, tendo como primeiro Pároco o Pe. Angelo Alberti, vindo de Ascurra duas vezes por mês para atender a sede e mais uma vez atender as capelas principais. Em 1923 estabeleceu-se a residência da comunidade Salesiana em Rio dos Cedros, tendo o Pe. José Pastorino como Pároco, ajudado pelo Pe. Inácio Wasilewski. A 1ª Diocese da Paróquia foi Florianópolis , na época da fundação, administrada por Dom João Becker, Bispo de Porto Alegre - RS, como Administrador Apostólico.A antiga foi demolida em 1970. 
Era vigário o Pe. Otávio Bortolini- SDB, que ativou e entusiasmou o povo para tão grande obra. A antiga matriz (a do morro) foi demolida pelos inícios de 1970. A torre, junto da atual matriz, foi feita um pouco mais tarde, quando era vigário o Pe. Victor Vicenzi. Teve sua inauguração no dia 26 de outubro de 1986. Dois sinos, ainda, se fazem ouvir no alto da torre, convocando os fiéis para as várias funções religiosas. O povo da paróquia sempre as lado dos sacerdotes quando desses empreendimentos; sempre deu sua generosa contribuição.
Leia mais aqui 


turismo religioso em rio dos cedros
 

Translados de pacientes em Rio dos Cedros

translados de pacientes em santa catarina

MAPA DE RIO DOS CEDROS

Leia também você vai gostar

HOSPEDAGEM em Rio dos Cedros

ATRATIVOS

LAZER E PRESERVAÇÃO